Avaliação de ativos biológicos CPC 29 IAS 41

As empresas cuja atividade tem por objetivo a produção de ativos biológicos (animais e/ou plantas vivos), têm a obrigação de mensurar esses ativos pelo seu valor justo menos a despesa de venda, no final de cada período de competência.

A norma que rege essa mensuração é o CPC 29.

O cálculo do valor justo de um ativo biológico é complexo e detalhado. Cada unidade individual de produção (lote/talhão/quadra no caso de plantas, indivíduo/rebanho no caso de animais), dever ser controlada individualmente e ter seu valor apurado de acordo com as receitas e custos futuros esperados até o momento da realização desse ativo.

A avaliação desses ativos resulta, entre outros fatores, de preços de mercado para o produto final que são, caso geral, muito voláteis. É essencial para o avaliador a compreensão dos efeitos dessa volatilidade no valor do ativo como um todo, partindo de fontes de informação confiáveis.

Nós da SETAPE estamos capacitados e temos grande experiência em projetos de avaliação de ativos biológicos.

MENU